alt

 

 

 

STAGE / ETAPA 4
ALMEIDA / ALFAIATES

6 JUNE 2018

52 KM / 502 M+

3

ALTIMETRY PDF / PDF ALTIMETRIA

 

DIÁRIO DA ETAPA DE UMA TRAVESSIA ANTERIOR

Caros amigos,
Estamos em Alfaiates, uma vila bem tipicamente beirã junto à estrada Sabugal - Vilar Formoso, na Residencial Pelicano que embora fique situada à beira da estrada não deixa de ser um hotel bem simpático sem ruído e onde se está bem confortável depois de um dia de BTT atravessando o planalto beirão.
Esta 4ª etapa é a mais fácil de toda a Travessia e liga ALMEIDA a ALFAIATES numa extensão de 50 Kms passando pelas aldeias de Vale da Mula, S. Pedro Rio Seco, Vilar Formoso, Aldeia da Ribeira, Escarabralhado e Rebolosa. Desenrola-se no grande planalto para além do vale do Côa e quem pensa que o Alentejo é plano decerto ainda não veio para estas bandas. Fizemos cerca de 30 kms no Caminho do Carril como é conhecido a pista outroura utilizada pelos contrabandistas da região.
Nesta etapa juntaram-se a nós um casal de holandeses que andam a percorrer o país de bicicleta e pediram para se juntar a nós em algumas etapas. Embora equipados com bicicletas hibridas e pneus de estrada conseguiram um bom desempenho nesta etapa onde predomina os bons pisos.
Partimos às 12:00 de Almeida e imprimimos sempre um andamento lento para recuperar da escaldante etapa de ontem e preparar a etapa de amanhã que é a mais dura de toda a Travessia, a da Serra da Malcata.
Aqui em Alfaiates todos os participantes se encontram de muito  boa disposição, adorando tudo o que já viram e viveram. Nesta Residencial de instalações bem adequadas, quartos pequenos mas com ar condicionado e TV e com notas bem positivas para a simpatia dos patrões e empregadas, o jantar sem sofisticações mas de boa qualidade.
O tempo sempre de céu azul sem nuvens, hoje não tão quente como nos dias anteriores colaborou para nos permitir atingir os objectivos que são a recuperação. No entanto nem toda a gente tem a mesma opinião sobre o grau de dificuldade da etapa e houve quem dissesse que lhe tinha custado muito esta etapa.
Nós Organização estamos bastante satisfeitos com os participantes que temos tido até ao momento e para eles procuramos dar-lhes o nosso melhor, levá-los a conhecer os melhores recantos deste Portugal desconhecido, por maus caminhos mas com as melhores emoções vividas em cada momento, em cada pedalada, em cada nova vista sobre este país de inúmeros encantos e em cada nova amizade que se faz.
O campo está agora maravilhoso, passadas que estão as chuvas do ínicio da Primavera, as plantas têm mais flores, os rios e ribeiros têm mais água, os pássaros não param de cantar, o mundo que nos rodea tem mais cor e os dias deixaram de ter nome. Já deixámos de sentir a cidade, (Um dos participantes que está connosco desde o ínicio comentou hoje que quis

levantar dinheiro numa máquina multibanco mas no momento de digitar o código já não se lembrava dos números). o nosso relógio é o Sol e só pedalamos, conversamos, comemos e dormimos. Isto é a Travessia.
Para os que não podem vir connosco e exprimentar estas emoções vai o nosso abraço e votos para que um dia também nos acompanhem nesta viagem através do nosso Portugal das traseiras.
antonio malvar
Os números da etapa de hoje segundo o nosso Garmin:
- Extensão = 50 kms;
- Velocidade média = 18,7 Kms/h;
- Tempo a pedalar = 2h 45';
- Vel. Máx. = 63,6 Kms/h;
- Totalizador na Travessia = 267  Kms;
- Desnível acumulado de subidas = 371m.

  

SEE ALL / VER TODAS

NEXT / SEGUINTE